Exército dos EUA derruba suposto balão espião chinês no país

O Exército dos Estados Unidos derrubou neste sábado um balão chinês na costa leste do país, informou a imprensa americana, horas depois que o presidente Joe Biden prometeu se “ocupar” do suposto dispositivo de espionagem.

Os canais de TV Fox News e CNN reportaram a operação, depois que três aeroportos do sudeste americano foram temporariamente fechados em meio ao que a Administração Federal de Aviação chamou de “esforço de segurança nacional”.

Mais cedo, o Pentágono disse que segundo “balão de vigilância” chinês sobrevoava a América Latina. A descoberta levou à suspensão de uma visita do secretário de Estado americano, Antony Blinken, a Pequim.

O Departamento de Defesa dos EUA disse que o primeiro balão, cuja presença foi anunciada na quinta-feira, sobrevoava o centro dos Estados Unidos em direção ao leste na sexta-feira.

Blinken se comunicou com um funcionário do alto escalão chinês. “Trata-se de um ato irresponsável e de uma violação clara da soberania americana e do direito internacional, que mina o propósito da viagem”, disse a ele, segundo o porta-voz do Departamento de Estado americano.

“Tomamos conhecimento de que a China lamenta o ocorrido, mas a presença desse balão em nosso espaço aéreo é uma violação clara da nossa soberania, assim como do Direito Internacional, e é inaceitável”, afirmou um funcionário americano que pediu para não ser identificado.

Por isso, a visita de Blinken a Pequim, prevista para domingo e segunda, “foi adiada” e será reprogramada quando “as condições forem adequadas”, acrescentou a mesma fonte.

Fonte: Correio Braziliense*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

INOX METAL

Categorias

Redes Sociais

CLIMA TEMPO

SEMI-JOIAS